O seu carrinho está vazio!

A Obesidade em Portugal.

15 de Mai, 2024

A obesidade em Portugal assume-se como um problema de saúde pública de grande relevância, afetando um número crescente da população. Dados do Inquérito Nacional de Saúde 2019 revelam que mais de metade (53,5%) dos adultos com 18 ou mais anos apresenta excesso de peso ou obesidade, sendo que 25,3% da população se encontra na faixa da obesidade.

Fatores de Risco e Comorbidades:

Estilos de vida: Hábitos alimentares inadequados, com consumo excessivo de alimentos processados, ricos em açúcares e gorduras saturadas, aliados à inatividade física, são os principais fatores de risco para o desenvolvimento da obesidade.

Fatores genéticos e psicológicos: A predisposição genética e questões psicológicas, como o stress e a ansiedade, também podem influenciar o desenvolvimento da obesidade.

Doenças crónicas: A obesidade aumenta o risco de diversas doenças crónicas, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, alguns tipos de cancro e doenças osteoarticulares.

Impacto Individual e Social:

Qualidade de vida: A obesidade pode comprometer significativamente a qualidade de vida, afetando a autoestima, a mobilidade e a capacidade de realizar atividades do dia a dia.

Custos económicos: Os custos associados à obesidade são consideráveis, tanto para o sistema de saúde como para a sociedade em geral, devido ao aumento da utilização de serviços de saúde e à perda de produtividade no trabalho.

Como combater a Obesidade:

Promoção de estilos de vida saudáveis: Através de campanhas de sensibilização e educação para a saúde, é fundamental incentivar a adoção de hábitos alimentares saudáveis e a prática regular de atividade física.

Acesso a cuidados de saúde: Assegurar o acesso universal a cuidados de saúde de qualidade, incluindo acompanhamento nutricional e psicológico, é crucial para a prevenção e tratamento da obesidade.

Políticas públicas: A implementação de políticas públicas que promovam a alimentação saudável e a atividade física, como a regulamentação da publicidade de alimentos não saudáveis e a criação de mais espaços para a prática de desporto, é fundamental para combater a obesidade a longo prazo.

Combater a obesidade exige um esforço conjunto de indivíduos, profissionais de saúde, governos e sociedade civil. Através da promoção de estilos de vida saudáveis e da implementação de políticas públicas eficazes, podemos trabalhar para prevenir esta doença e construir um futuro mais saudável para todos.

Recursos Adicionais:

https://www.sns24.gov.pt/

https://www.ordemdosnutricionistas.pt/

https://www.dgs.pt/

Voltar |

Posts relacionados

Os perigos da obesidade

2 de Março, 2018 Dicas e receitas, Corpo humano

Os perigos da obesidade

Os números são assustadores. Não escolhe idade nem sexo. A obesidade é uma realidade emergente! Reco...

Ler mais

Produtos relacionados

O perigo da obesidade.

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização