Quando se ouve falar em perda de peso, é frequente encontrar a sugestão de ingestão de alimentos termogénicos. Saiba o que são e compreenda de que forma pode consumi-los para obter maiores benefícios.

Dá-se o nome de alimentos termogénicos a alimentos que consomem uma maior quantidade de energia para serem processados pelo organismo (entre 10 a 15%), o que faz com que ajudem a queimar calorias, melhorando a digestão e acelerando o metabolismo.

Os seus benefícios vão além do controlo do peso, pois também ajudam a aumentar a concentração mental e o desempenho físico, contribuindo para uma maior produtividade.

Não devem ser ingeridos à noite, pois podem perturbar o sono, e devem ser consumidos com moderação, como parte integrante de uma dieta saudável.

Como funciona a sua digestão?

Os alimentos termogénicos aumentam a temperatura corporal e aceleram o metabolismo, pois fazem acelerar as reações químicas que fazem com que o organismo transforme a energia obtida através dos alimentos. Dessa forma, mesmo estando parado o corpo continua a despender energia quando está a processar estes alimentos, o que faz com que seja mais fácil perder peso.

Há três alimentos que se destacam nesta função:

1 – Chá verde

2 – Café

3 – Pimenta de Caiena

A catequina, a cafeína e a capsaicina são três compostos que produzem maior efeito termogénico. O chá verde contém os dois primeiros, o café é rico em cafeína e a pimenta de Caiena contém capsaicina, embora em doses menores, o que faz com que os seus resultados sejam menos visíveis.

Estes três alimentos têm também um valor calórico muito baixo, o que faz com que ajudem a perder peso, para além de melhorarem a concentração.

Os alimentos ricos em proteína também produzem efeito termogénico, para além de serem essenciais para a formação de massa muscular mas, como são ricos em calorias, a sua ação termogénica não é notada. Ainda assim, são indispensáveis numa dieta para perda de peso.

Outros alimentos que têm um efeito termogénico:

- Canela – contém cinamaldeído, que também acelera o metabolismo e melhora a concentração. (O seu consumo deve ser evitado por crianças, mulheres grávidas ou que estejam a amamentar, pessoas com diabetes, problemas de coração, gastrites, úlceras ou com condições de saúde que imponham restrições alimentares, devendo aconselhar-se com o seu médico).

- Gengibre – contém gingerol, que também tem efeito termogénico. Não pode ser consumido por pessoas com tensão arterial alta, diabetes, problemas de coração ou doenças relacionadas com a vesícula ou com o sangue. Deve ser consumido com moderação, já que o seu consumo excessivo pode provocar agitação nervosa, dores de estômago e perturbações de sono.

- Guaraná – contém cafeína e catequinas, para além de ter efeito antioxidante. Não pode ser consumido por mulheres gravidas ou a amamentar, pessoas que tenham epilepsia, problemas cardíacos, tensão alta, doenças renais, digestivas, ou do sistema nervoso.

- Curcuma - contém curcumina, um composto bioativo com propriedades termogénicas.

- Óleo de coco – contém um ácido graxo que estimula o sistema nervoso simpático, acelerando o metabolismo.

- Alho - contém compostos sulfurados que estimulam o sistema nervoso central, acelerando o metabolismo.

10 dicas que ajudam a emagrecer de forma saudável (e a perder barriga)
Fazer uma alimentação equilibrada, ser seguido por profission...
Também pode gostar de:
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização