No tempo mais frio aumenta o risco de gripes, constipações e inflamações do aparelho respiratório em geral. Caso os sintomas persistam deve consultar o médico ou farmacêutico, mas conheça também algumas medidas complementares que ajudam a aliviar a dor de garganta.

A dor de garganta é um dos sintomas mais frequentes e imediatos de grande parte das infeções e inflamações das vias respiratórias, causando incómodo, desconforto e mal-estar. Para além de procurar o conselho médico para encontrar a causa da dor de garganta e poder proceder ao tratamento adequado, algumas práticas contribuem para o alívio dos sintomas:

1 – Beba água

A hidratação ajuda a melhorar o funcionamento das mucosas, aliviando a dor de garganta e a tosse.

2 – Poupe a voz

Sempre que falamos, a vibração das cordas vocais acentua a irritação na garganta e a dor. Embora seja, geralmente, um ato que fazemos de forma reflexa, porque sentimos dor, convém lembrar que evitar esforçar a voz ajuda a que a dor passe mais depressa.

3 – Beba chás

Para além de a água quente ajudar a aliviar a dor, as propriedades anti-inflamatórias de algumas plantas e alimentos contribuem de forma eficaz para atenuar os sintomas. Escolha as folhas ou flores secas, são muito mais eficazes que os chás produzidos artificialmente e vendidos em saquetas.

Alguns dos chás que melhor ajudam no alívio da dor de garganta são:

- Hortelã – contém mentol, que fluidifica o muco e alivia a irritação na mucosa, para além de ajudar a combater vírus e bactérias

- Limão – riquíssimo em vitamina C e com propriedades antioxidantes, tem um forte poder anti-inflamatório

- Camomila – ajuda a acalmar a garganta inflamada

- Raiz de gengibre – contém compostos bioativos, como gingerol e shogaol, que combatem as inflamações e os vírus e bactérias, sendo um anti-inflamatório natural muito eficaz. Junte uma rodela de raiz de gengibre a uma chávena de chá de água a ferver, deixe em infusão por 10 minutos e beba ainda quente. Pode adoçar com mel.

- Alho – outro poderoso anti-inflamatório natural. Pode combiná-lo com limão e gengibre: junte 3 dentes de alho descascados e cortados ao meio, 1 cm de raíz de gengibre e meia chávena de sumo de limão a 3 chávenas de água. Leve ao lume e deixe levantar fervura. Apague, tape, deixe em infusão por 5 a 10 minutos. Adoce com mel e beba morno.

- Anis estrelado – contém compostos fenólicos com um forte poder antioxidante, que fortalecem o sistema imunitário, e ácido xiquímico, uma substância natural que ajuda a combater o vírus da gripe.

- Romã – a romã contém polifenóis, flavonoides, alcaloides e triterpenos, com um forte poder antioxidante e anti-inflamatório. Ferva algumas cascas de romã numa chávena de água, e beba quente. Pode adoçar com mel. (Este chá é desaconselhado para pessoas com problemas gástricos, úlceras no estômago, grávidas e crianças com menos de 2 anos de idade.)

- Abacaxi – rico em vitamina C, ajuda a fortalecer o sistema imunitário. Ferva duas fatias de abacaxi com casca em meio litro de água, durante cinco minutos. Deixe arrefecer e beba morno, com mel, se desejar.

4 – Faça gargarejos

Os gargarejos ajudam a atenuar a dor e aliviar o desconforto. Deve fazê-los com água morna, colocando na boca uma pequena quantidade e reclinando suavemente a cabeça. Faça com a garganta um movimento ligeiro de como se fosse regurgitar e deixe que a água faça “bolhas” dentro da boca, cuspindo de seguida. Gargarejos que aliviam a dor de garganta:

- Água morna e sal (1 colher de sopa de sal para 1 chávena de água morna)

- Água morna e limão (sumo de 1 limão para 1 chávena de água morna).

 

5 – Faça inalações

Inalar vapores de eucalipto ajuda a combater de forma eficaz a inflamação. O eucalipto tem um forte poder antisséptico, eliminando vírus e bactérias. Ferva 5 folhas de eucalipto em meio litro de água. Depois coloque o recipiente na bancada da cozinha, por exemplo, posicione-se sobre ele e ponha uma toalha de banho sobre a sua cabeça, de forma a envolver o recipiente onde preparou o chá, criando um efeito de estufa. Inspire e expire profundamente estes vapores.

6 – Ingira mais citrinos

Toranja, laranja, limão, tangerina, são frutos ricos em vitamina C e ajudam o organismo a combater as inflamações da garganta.

7 – Não fume

O tabaco prejudica a saúde e agrava a dor de garganta. Não fume e evite estar exposto a ambientes com fumo de cigarro.

8 – Evite alimentos que “arranham” a garganta

Quando a garganta está fragilizada deve optar por ingerir alimentos pastosos, de consistência mole, e evitar alguns condimentos que tendem a aumentar a irritação, nomeadamente pimenta e vinagre. Evite alimentos secos, como cereais.

Amigdalite – saiba como tratar
A amigdalite manifesta-se com uma dor incómoda e persistente nas am&...
Também pode gostar de:
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização