É uma planta com inúmeras vantagens para a sua saúde, pelo que o seu uso irregular pode vir a ter eventuais efeitos colaterais.

Descubra como funciona esta planta.

A palavra Ginseng tem origem chinesa e resulta do termo “Renshen”, o qual pode ser traduzido como “raiz do homem”. A sua fama remonta há mais de cinco mil anos, altura em que era utilizado para obter efeito rejuvenescedor. Por isso começou a ser considerada como símbolo de harmonia divina.

O ginseng é uma das onze espécies diferentes de plantas de crescimento lento. Ela é apontada como eficaz para melhorar o bem-estar e pode ser reconhecida como um dos remédios mais populares dentre as plantas medicinais de todo o mundo. Possui cor clara, raiz em forma de forquilha e caule significativamente longo. As folhas verdes têm um formato oval e são consideradas benéficas para melhorar algumas patologias.

Regra geral, o ginseng é ideal para fornecer um impulso de energia, níveis mais baixos de açúcar no sangue e de colesterol, reduzir o stress, promover o relaxamento, o tratamento de diabetes e tratar a disfunção sexual em homens. Tradicionalmente, tem sido utilizado para tratar um grande número de doenças diferentes. No entanto, deve-se notar que as propriedades terapêuticas do ginseng são muitas vezes questionadas por cientistas ocidentais e profissionais de saúde por causa da pouca investigação para determinar a sua verdadeira eficácia na medicina.

O ginseng é muito consumido, pois é capaz de fornecer energia e ainda auxiliar na prevenção de fadigas. É composto por sete constituintes, por isso, pode oferecer efeitos anti-inflamatórios, já que conta com a presença de ginsenosídeos, o qual possui efeito imunossupressor. Também pode oferecer um suporte para tratamento de disfunção erétil de homens. Poderá ser consumido em forma de chá ou em cápsulas. Ambas as formas podem ser encontradas em lojas de produtos naturais. As cápsulas podem ser adquiridas também em lojas de suplementos alimentares e farmácias.

Os efeitos colaterais:

Apesar do uso de Ginseng ter sido considerado normalmente seguro, não são descartados os seguintes efeitos secundários:

  • Dores de cabeça;
  • Desequilíbrio da frequência cardíaca;
  • Náuseas;
  • Hiperatividade;
  • Insônia e dificuldade para dormir;
  • As mulheres também podem sentir os seios inchados e sangramento vaginal.

Excesso de consumo:

  • Irritabilidade e variações de humor;
  • Visão turva;
  • Edema;
  • Diarreia;
  • Sangramento;
  • Náuseas;
  • Excitação;
  • Tontura;
  • Secura na boca.

Para mais informações fale com o nosso farmacêutico através do mail apoioacliente@blissnatura.pt.

Funcho – uma planta medicinal milagrosa
O funcho é uma planta medicinal que oferece muitos benefícios...
Glucose – fonte de energia
Proveniente da alimentação ou da decomposição d...
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização