No universo da diabetes, a glucose é bastante afamada.

Ela pode ser proveniente da alimentação ou da decomposição do glicogénio armazenado no fígado ou nos músculos.

A glucose é a principal fonte de energia cerebral e muscular, devendo por isso existir um equilíbrio apertado entre a glucose disponibilizada pelo fígado e a sua utilização a nível periférico. A insulina, a epinefrina, o cortisol e a hormona do crescimento participam na regulação da concentração sanguínea da glucose. Quando a glicémia (a glucose no sangue) atinge níveis superiores a 180 mg/dl, o limite de reabsorção tubular de glucose nos rins é excedido levando à sua excreção na urina.

A glucose, também designada por glicose, dextrose ou açúcar, é o monossacarídeo mais abundante da Natureza, estando presente nos frutos doces, como é o caso da uva e também do mel, juntamente com a frutose. Também existe em pequenas quantidades no sangue (glicemia) e na urina.

É o único componente de vários polissacarídeos como o amido, a celulose e o glicogénio. A glucose e os seus derivados são muito importantes no metabolismo da energia dos seres vivos.  Compreender o seu nível de glicose no sangue é uma parte importante do autocontrolo da diabetes.

Existem duas maneiras de medir o seu nível de glicose no sangue:

  1. O teste de sangue HbA1c mede a quantidade de glicose que aderiu a uma parte dos glóbulos vermelhos e está a ser transportada pelo organismo. Este teste é feito através de uma amostra de sangue retirada de uma veia do braço e o resultado mostra o controlo geral dos níveis de glicose ao longo dos últimos 2-3 meses.
  2. Se tem um medidor de glicemia, será capaz fazer o autocontrolo da sua diabetes. O resultado será o seu nível de glicose atual. Se faz o autocontrolo, terá de saber quais são os seus intervalos-alvo de glicose no sangue e o que os seus resultados querem dizer.

Condições associadas a níveis elevados de glucose no sangue:

  • Síndrome metabólico, diabetes mellitus;
  • Diabetes endócrina devido a doença pancreática, doenças adrenais ou hipofisiárias, hipertiroidismo;
  • Outras doenças: lesões cerebrais, hepáticas e renais;
  • Fármacos;
  • Gravidez;
  • Dieta rica em hidratos de carbono.

Para mais informações fale com o nosso farmacêutico através do mail apoioacliente@blissnatura.pt.
 

Ginseng – a raiz do homem
O ginseng é uma planta com inúmeras vantagens para a sa&uacut...
Ómega 3 – essencial ao seu organismo
O ómega 3 é um ácido gordo essencial para o corpo huma...
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização