O cálcio é indispensável à saúde e tem um papel fundamental na constituição e manutenção dos ossos e dos dentes.

É tão importante que intervém no metabolismo de praticamente todas as células do corpo, a saber, na contração muscular, nos impulsos nervosos entre o cérebro e o resto do corpo, na coagulação do sangue e até no equilíbrio do pH do sangue.

Dos alimentos, animais e vegetais, ricos em cálcio, destacam-se:  Iogurte com baixo teor de gordura, leite magro, sardinhas sem pele, bebida e iogurte de soja, brócolos, tofu, feijão, ameixas secas, sementes de sésamo (possuem 8 vezes mais cálcio que o leite), algas, sementes de chia, salsa, couve-flor, aveia, amêndoas, sementes de linhaça, manjericão, couve, rúcula, ovos e laranjas.

Quando há escassez de cálcio, (seja devido a alimentação deficiente, ou a desequilíbrios hormonais, etc.) o corpo vai retirar o cálcio dos ossos, o que pode levar à osteopenia e à osteoporose. Outros sintomas de falta de cálcio incluem: artrite, cólicas menstruais, dores na coluna, depressão, irritabilidade, nervosismo, ansiedade, unhas esbranquiçadas e quebradiças, hipertensão, palpitações, periodontite (sangramento das gengivas) e cáries.

Há alimentos que “roubam” o cálcio ou diminuem a capacidade de absorção deste pelo organismo: o sal, o café, os refrigerantes, o chocolate, as gorduras, o excesso de ferro e de proteínas.  Deve consumi-los com moderação.

O excesso de cálcio pode causar "pedras" nos rins, evitadas ingerindo-se água em quantidade suficiente. Também pode diminuir a presença de outros minerais, como o magnésio. Pode igualmente causar anorexia, dificuldade de memorização, depressão, irritabilidade e fraqueza muscular. 

SABIA QUE…
No século I já os romanos preparavam a cal e em 975 dC a literatura referia o gipso (gesso, composto sobretudo por sulfato de cálcio) para envolver braços e pernas fraturados.

NÃO SE ESQUEÇA:

  • Nunca tome nenhum suplemento vitamínico sem consultar primeiro o seu médico (neste caso, o endocrinologista, o ortopedista ou o nutricionista).
  • Exercícios físicos, caminhadas, etc., contribuem para a fixação do cálcio nos ossos. Mesmo na idade adulta, os exercícios podem aumentar a massa óssea em 1 ou 2%.
  • A vitamina D e o magnésio são dois minerais indispensáveis à absorção do cálcio pelo organismo.

Para mais informações fale com o nosso farmacêutico através do e-mail apoioacliente@blissnatura.pt

Ácido Fólico
O ácido fólico é a forma sintética, usada em me...
Crómio
O crómio, designado por alguns especialistas como o milagre da d&eac...
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização