Há que conhecê-las para poder evitá-las.

As doenças desta altura do ano aparecem sem aviso e atingem ambos os sexos e todas as idades. Prevenção é a palavra de ordem.


O frio que se faz sentir, os dias de chuva e o vento são verdadeiros inimigos da saúde pública e são muitas as pessoas que recorrem a tratamentos caseiros, naturais e/ou farmacêuticos para curar o organismo. As principais doenças do inverno são as doenças respiratórias transmissíveis. O inverno traz com ele a circulação de vírus e bactérias, já que a temperatura fica mais baixa, o ar fica mais seco e há uma maior tendência para se ficar em ambientes fechados. Regra geral, as pessoas mais propícias a sofrer com estas doenças são as crianças e os idosos, por terem o sistema imune mais fragilizado, mas qualquer individuo pode ser apanhado na curva. Tome nota de 10 doenças que, eventualmente, lhe podem bater à porta nesta época do ano.
 

  1. Constipações e gripes
    Falamos de infeções das vias respiratórias superiores, como o nariz e a garganta. Regra geral, a gripe provoca sintomas como a febre, secreção nasal, dor de garganta e dor nos músculos e articulações, tendo uma duração entre os 5 e os 7 dias. As constipações, por seu turno, são uma infeção mais branda que provoca sintomas tipo espirros, dor de garganta e conjuntivite, durante 3 a 5 dias. A solução está no repouso, no uso de analgésicos para alivar as dores, para além de descongestionantes nasais.
     
  2. Pneumonia
    A pneumonia acontece quando a inflamação e infeção das vias respiratórias atingem os pulmões, geralmente, causadas por bactérias, vírus ou, mais raramente, fungos. Os sintomas da pneumonia incluem tosse com catarro amarelo ou esverdeado, febre de cerca de 38ºC ou mais e calafrios, e, se a infeção for grave, pode causar também falta de ar, dificuldade para respirar e respiração ofegante. O seu tratamento depende da causa, na maioria das vezes feito com antibióticos e analgésicos em casa, com orientação médica.
     
  3. Rinite alérgica
    A rinite alérgica é a inflamação da mucosa que reveste o nariz, causada por reação alérgica, que provoca sintomas como espirros e coceira no nariz, sintomas que podem durar de alguns minutos até vários dias. A substância que provoca alergia varia para cada pessoa, sendo, geralmente, o pólen de plantas, poeira, ácaros ou pelos de animais. Por ser crónica, esta doença não tem cura, se bem que existem tratamentos que podem ajudar a tratar e controlar os seus sintomas, como anti-histamínicos, corticoides nasais e, principalmente, evitar o contato com as substâncias alérgicas.
     
  4. Sinusite
    A sinusite é a inflamação da mucosa dos seios da face, que são estruturas que ficam ao redor do nariz, causando sintomas como dor na região da face, secreção nasal e dor de cabeça. Esta doença é causada, principalmente por infeções virais, por vírus de gripes e constipações, e por alergias, sendo somente uma pequena parte causada por bactérias. Costuma ser tratada com o uso de anti-histamínicos, anti-inflamatórios, descongestionantes e lavagem nasal com solução salina, estando indicado o uso de antibióticos apenas quando há suspeita de infeção por bactérias.
     
  5. Asma
    As crises de asma acontecem em pessoas que têm doença inflamatória dos pulmões e podem ser desencadeadas por fatores alérgicos, como frio e poeira, por exemplo. Estas crises são mais comuns em crianças, apesar de também acontecerem em adultos, e causam sintomas como ruídos no peito, falta de ar e tosse. O tratamento é feito com orientações do pneumologista, que pode envolver uso de broncodilatadores e corticoides, por exemplo.
     
  6. Otite
    É a infeção que costuma acontecer por vírus ou bactérias que infetam a garganta e migram até o ouvido. Pode causar dor no local, febre e produção de secreção e é mais comum em crianças. Trata-se com Paracetamol ou Ibuprofeno, sendo prescrito antibiótico apenas quando há suspeita de infeção bacteriana. 
     
  7. Meningite
    A meningite é vista como uma infeção das membranas que envolvem o cérebro por vírus, bactérias, fungos e parasitas, e provoca sintomas que podem surgir de forma repentina, como febre alta, dor de cabeça forte, dores no corpo e vómitos. O tratamento depende do tipo de microrganismo causador, podendo ser o uso de antibióticos injetáveis, como Penicilina, analgésicos e anti-inflamatórios, sempre com prescrição médica. 
     
  8. Amidalite
    Trata-se de uma doença causada por vírus ou bactérias, uma inflamação das amídalas que causa dor de garganta e, ao engolir, mau hálito e febre. O tratamento é feito com anti-inflamatórios. Para se prevenir, é bom evitar mudanças bruscas de temperatura.
     
  9. Bronquite
    É caracterizada como uma inflamação dos brônquios, o que impede a chegada do ar aos pulmões. Causa tosse seca com ruído, seguida de tosse com catarro. O tratamento consiste na utilização de vaporizadores, analgésicos, descongestionantes nasais e hidratação.
     
  10. Otite
    Causada por vírus ou bactérias que infetam a garganta e migram até o ouvido, esta patologia provoca dor e febre e é bastante comum nas crianças. O tratamento é feito com antibióticos e analgésicos e a prevenção pode ser feita mantendo limpas as vias aéreas.


Cuidados a ter:

  • Evitar locais fechados e com excesso de pessoas;
  • Deixar o ambiente o mais ventilado e arejado possível;
  • Lavar ou higienizar com álcool as mãos várias vezes ao dia, principalmente após estar em locais públicos;
  • Cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir, preferencialmente com lenço de papel descartável;
  • Comer bem e de forma saudável, com uma dieta rica em frutas e verduras;
  • Beber cerda de 2 litros de água por dia;
  • Evitar ir com frequência de forma desnecessária ao pronto-socorro, pois é um ambiente com alta probabilidade de contaminação;
  • Evitar o contato próximo com outras pessoas. 

 

Para mais informações fale com o nosso farmacêutico através do mail apoioacliente@blissnatura.pt

Como desintoxicar o organismo depois das festas?
Não vale a pena ficar com peso na consciência. A soluç&...
Snacks saudáveis de inverno
Faça você mesmo um snack saudável e evite ingerir calor...
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização